Ginecomastia

Print Voltar

GINECOMASTIA: O aumento das mamas no homem

Como o adolescente portador de ginecomastia deve lidar com as brincadeiras e gozações?

É importante aprender a responder com mais leveza aos comentários que porventura receber, pois comportamentos agressivos poderão estimular as pessoas a importuná-lo ainda mais, produzindo uma situação oposta àquela que lhe traria mais conforto. Inibir-se e evitar a socialização mostrando-se fragilizado também não o tornará invisível. O ideal é que ele aprenda a valorizar seus aspectos positivos, evitando concentrar sua própria atenção na ginecomastia, lembrando-se que na maioria dos casos trata-se de uma condição transitória, que reverterá espontaneamente ao final da adolescência. E considerar que, se isso não ocorrer, ainda haverá o recurso de uma cirurgia plástica corretiva, caso não consiga aceitar seu próprio corpo de uma forma confortável. Ou seja, não terá que conviver com isso para sempre. Esse tipo de informação já lhe dá uma perspectiva menos angustiante. Na maioria dos casos, controlar o peso corporal também ajuda a melhor a aparência das mamas.

Quando e como o psicólogo pode ajudar?

Quando for detectado que ele está sofrendo com esta situação, sem conseguir responder a ela de modo adequado, e/ou quando for perceptível que ele começa a ter prejuízos em seu convívio social. Muitas vezes são os pais ou professores que percebem esse quadro e, nesse caso, cabe a eles a iniciativa de oferecer ajuda, orientando-o a procurar orientação profissional. O trabalho do psicólogo será, basicamente, ajudá-lo a instrumentar-se adequadamente para aumentar sua auto-estima, aceitando-se como a pessoa total que é e ensinando-lhe a desenvolver algumas habilidades sociais específicas que lhe possibilitem evitar situações constrangedoras ou sair-se bem daquelas que forem inevitáveis, relativizando o impacto emocional das brincadeiras de mau gosto dos colegas. Esse processo tem o objetivo de ensiná-lo a gostar de si mesmo e a valorizar-se, produzindo mais espontaneidade, autoconfiança e respeito por si mesmo. Assimilado este estado, sua postura torna-se segura e suas falas, assertivas. O resultado é inverter a percepção figura e fundo: seu corpo ficará em segundo lugar porque sua presença total atrairá a atenção em primeiro plano.

_____________

Mariuza Pregnolato em entrevista à revista CORPO A CORPO PLÁSTICA.

© 2016 | Mariuza Pregnolato - Todos os direitos reservados | Lei do Direito Autoral
A reprodução total ou parcial do conteúdo desta página é permitida sem autorização prévia por escrito da autora
(copyright) para fins educacionais ou informativos, desde que a fonte seja corretamente citada.