BAIXA AUTOESTIMA

A baixa autoestima precisa ser tratada para interromper o fluxo de experiências negativas e frustrantes que se forma quando a pessoa não consegue amar a si mesma de verdade. Ao contrário, a pessoa que tem autoestima elevada é capaz de atuar no mundo com assertividade, eficiência e adequação, sentindo-se confiante e capaz de respeitar e reivindicar suas necessidades e direitos, reconhecendo em si mesma o esforço para merecer validação e respeito.
Autoestima é a apreciação que cada um faz de si mesmo. Essa capacidade de se gostar tem início na infância a partir da educação, amor e validação recebidos em casa e segue se desenvolvendo ao longo da vida. Uma boa autoestima pode ser adquirida, mesmo na vida adulta, e desenvolvê-la torna-se mais fácil com a ajuda da psicoterapia.

© 2016 | Mariuza Pregnolato - Todos os direitos reservados | Lei do Direito Autoral
A reprodução total ou parcial do conteúdo desta página é permitida sem autorização prévia por escrito da autora
(copyright) para fins educacionais ou informativos, desde que a fonte seja corretamente citada.